10 julho 2009

Bolo a duas mãos

A festa do Verão da escolinha da Marta pôs a mãe Cristina a pensar em qual seria o bolo que poderia fazer. Lembrou-se de um sol, mas a praia acabou por ser o tema de eleição. E eis que começaram as dúvidas. Como fazê-lo? Pensou-se num bolo com gelatina parecido com O Bolo do Gustavo...

Por indicação de uma amiga, a tia Vera visitou uma lojinha pequenina, mas muito interessante onde encontrou pasta portuguesa (uma espécie de pasta americana) com a qual acabámos por decidir fazer as decorações. Os peixes e tartarugas que utilizámos continuam a ser gomas das quais os miúdos gostam sempre e a areia não é mais do que bolacha migada.

O bolo, um clássico cá por casa, continua a ser o Bolo de Laranja da D. Dade, apenas com uma alteração: substituição do óleo por azeite.

E eis o resultado:







2 comentários:

Tiago Lopes disse...

Deve ter sido a delícia da pequenada!! Ficou estupendo!

adrea disse...

muito lindo esse bolo, parabéns